MEMÓRIA DA UNESP I HISTÓRIA ORAL
FACULDADE DE CIÊNCIAS E LETRAS DE ASSIS
clique para Faculdade de Ciências e Letras de AssisA criação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Assis ocorreu no contexto da proposta do governo estadual de expansão do ensino superior público de qualidade para o interior do Estado na busca de métodos inovadores de ensino e pesquisa. O projeto inicial foi da organização de um curso de Letras, em regime de dedicação integral, tanto para o pessoal docente como para o pessoal discente. Apesar de encontrar na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Universidade de São Paulo seu modelo de organização, a nova unidade afastando-se do sistema de cátedra adotou a forma de organização do seu sistema didático e científico na organização departamental. Criada em sessão solene de 16 de agosto de 1958, foi seu primeiro diretor, o Professor Doutor Antonio Soares Amora, catedrático da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP. O professor Amora foi autor de um projeto, estabelecendo jornada de tempo integral, envolvendo professores e alunos, não só para ministração de aulas mas também para a realização de estudos mediante acompanhamento de professores orientadores. Para compor o primeiro corpo docente, o professor Amora reuniu um conjunto de professores, uns procedentes da Universidade de São Paulo e outros do exterior, que iniciaram a formação da Faculdade. Um acontecimento marcante, demonstrativo da busca pela qualidade foi a realização, em 1961 do Segundo Congresso Brasileiro de Crítica e História Literária, de projeção internacional, que reuniu em Assis um número considerável de profissionais da área de Letras, procedentes de vários pontos do país e do exterior. Ao curso de Letras, seguindo as mesmas diretrizes, foi criado em 1963, o curso de História. Nessa ocasião foi inaugurado o novo edifício passando a Faculdade a ser localizada em terreno distante da cidade, criando-se assim a figura de campus universitário. O projeto de construção do primeiro edifício do campus foi de autoria de Walter Toscano, jovem arquiteto que havia se destacado na construção de um colégio em Itu. Toscano foi também autor de outros projetos para as unidades de Rio Claro e Araraquara. Em 1966, foi criado o curso de Psicologia e, em 1967 de Filosofia. Erm 1972, o curso de Psicologia pode se consolidar com a instalação 5o ano e da Clínica Psicológica. Desde o início havia se estabelecido entre esses cursos uma forma de parceria, mais efetiva no entanto, entre os cursos de História e Filosofia. Houve assim, uma possibilidade de realização de trabalhos conjuntos, desde a montagem de um currículo no qual tais afinidades pudessem ser concretizadas de maneira efetiva, com a realização de publicações conjuntas, cursos de especialização, cursos de extensão chegando-se a elaborar projeto de pós-graduação. Ao mesmo tempo teve início a formação de um núcleo de apoio à pesquisa, inicialmente desenvolvendo um projeto de História Regional. Foi essa a origem do Centro de Documentação do Departamento de História, posteriormente chamado de CEDRAU e que hoje, funciona como um Centro de Documentação e Apoio à Pesquisa (CEDAP), abrangendo todas as áreas em funcionamento no campus. A criação da UNESP, em 1976, mudou a configuração inicial da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Assis. O primeiro Estatuto da UNESP, datado de 1977, promoveu o deslocamento do curso de Filosofia para Marília. A forma pouco democrática de como se efetuou a criação da Universidade, provocando o remanejamento de cursos e o deslocamento de docentes, levou a comunidade acadêmica, não só de Assis mas também das demais unidades universitárias, a buscar uma forma de organização para a defesa de interesses comuns esboçando-se assim as origens da ADUNESP. Superadas as dificuldades iniciais da instalação da UNESP a Faculdade de Assis pode cuidar da instalação de cursos de especialização, de aperfeiçoamento, de extensão e, a partir de 1979, passou a contar com cursos de especialização e de Pós-Graduação, inicialmente com o curso de Letras e, posteriormente, com o curso de História. No decorrer do tempo outros cursos de graduação foram criados, como o de Ciências Biológicas, instalado em 1990 e de pós-graduação na área de Psicologia. Em 2003 foi criado o curso de Biotecnologia.

CEDEM - CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO E MEMÓRIA DA UNESP
Praça da Sé 108 - São Paulo - SP - Brasil - CEP 01001-900 - Tel / Fax 11.3105.9903